28.12.14

os sonhos que tive, tive-os
já ninguém mos tira
não deram em nada, é certo, mas
esse era o seu destino mais provável
eram lindos, se são
ainda hoje pasma-se-me o corpo de dó
perante tanta aflição

ainda hoje ainda agora ainda já