24.10.15

eram como cães raivosos, atiçados pelo aço da corrente, e eu soltava-as para que me rasgassem a carne fraca. agora afogo-as, crias recém-nascidas, ainda dentro de mim, no lodo azedo de que me faço.