8.11.15

não possuo humanidade suficiente para padecer de vício algum. sou apenas uma pequena gota, à deriva, sem desejo maior. se um dia fui onda, intensa como vaga de tempestade, não o sou mais.