27.12.15

não me entregues,
                                 tristíssima meia-noite,
ao impuro meio-dia branco


//no me entregues,
tristísima medianoche,
al impuro mediodía blanco//