8.12.15

o homem continua na sua demanda, sentado do velho tractor vermelho. o campo, antes verde, surge agora numa mescla de fios castanhos entrelaçados de amarelo, como cabelo de uma mulher mais velha. acompanhando o homem, o mesmo grupo de garças-boieiras aproveita o revirar da terra, rica em bicharada invertebrada. de vez em quando, o homem pára, coça a cabeça, enquanto segura a boina, desce da máquina e vai ver o estado da charrua. no quintal, mais acima, a mulher, que, no entra e sai de casa, o mantém debaixo de olho, pára também.