25.1.16

noé, querido, dá gás nas máquinas, usa o carvão de estrume de paquiderme, atira carga fora, o que quiseres, mas despacha-te a passar por aqui. o diluvio começou!