30.1.16

tenho dois homens à minha espera, na mesinha de cabeceira. o pateta do Peter Kien, acabado de casar com a desprezível governanta - e negar-lhe a noite de núpcias, depois de quase sofrer um choque anafilático, ao vê-la, sequiosa de cama, atirar-lhe os livros ao chão; e Chance, o tolo do jardineiro - jeitoso - analfabeto, ainda deitado, a repousar do acidente, na casa da tiazorra EE...

chega de mundo, por hoje.