27.2.16

consigo vê-las daqui, entre o verde, ladrando em volta da oliveira. não sendo cães de caça pela raça, são-no por convicção. fico com pena dos pequenos roedores.
a chuva cai agora com força, ainda que no céu o sol atravesse algumas nuvens. elas, indiferentes, continuam a sua demanda, ora ladrando, ora saltando como cangurus. é quando lhes vejo o desinteresse pela brincadeira, que sei que regressarão em breve. vou buscar as toalhas.
[afinal é granizo!]

até já.