14.4.16

o caos está instalado em Niflheim. o dilúvio de abril trouxe uma praga de moluscos gastrópodes, que causam doses elevadas de repugnância e tonturas a esta que aqui vos relata. no entanto, a maioria dos nativos, munidos de guarda-chuvas pretos e baldes da mesma cor, palmilha os campos e esgravata os muros circundantes, em busca de espécimes para ingerir ou negociar.  
nos últimos dias, a situação agravou-se exponencialmente, com a chegada de nova praga, três vezes mais asquerosa, segundo a escala desta relatora, que passou a sofrer de gosma asmática, sempre que está em presença de algum exemplar viscoso. os moluscos gastrópodes da sub-ordem Stylommatophora tomaram as paredes e o chão das garagens de  Niflheim, e o seu tamanho atinge uma média de dez centímetros, o que pode ser considerado, em muitas culturas, como o tamanho de um pénis normal. em Niflheim, vivem-se dias de agonia vomitória. a reclusão, no conforto e segurança das portas e janelas vedadas das habitações aquecidas, é obrigatória. darei noticias em breve.