28.5.16

papas de aveia e um filme de ficção cientifica, assim assim.


pobre Damas, ocorre-me dizer, depois de lhe ler a mensagem. não me atrevo a perguntar pela jovem das letras, a tal que enrolava os charros com a ponta da língua num perfeito v, como se lhe lambesse o prepúcio, dissera-me uma vez, a salivar da boca. andará lendo poemas dentro de outros lençóis.