19.6.16

donos de uma personalidade vincada, Ramirez, o espanhol, e Marlon Brando são completamente diferentes na forma de gostar. enquanto o último, um loiro de encher o olho, me abocanha as mãos sem as morder, de unhas ficadas nas minhas pernas (será isto o tough love?), Ramirez, tímido no trato, prefere oferecer-me ratinhos do campo, outras vezes, passarada.
ambos deitados na pedra quente, perto de mim, aproveitando os últimos raios de sol, cortejam-me agora de igual maneira. longos olhares, miados espaçados, tudo por uma latinha de atum.