14.7.16

poesia recolhida de um dos quarenta nove emails em spam, todos eles escritos por pessoas de desmedido altruísmo, que anseiam por alguém que lhes aceite as generosas doações.

Dear Beloved,

I am writing this mail to you with heavy tears In my eyes and great sorrow in my heart,


[fico muito feliz, quando percebo que afinal a Sr.ª Mandu ainda não faleceu do seu cancro antigo do ovário e continua, ano após ano, a tentar doar a sua gigantesca fortuna. são estas pessoas que me fazem acreditar que tudo é possível...]