17.9.16

à minha mãe, que me trouxe ao mundo fora de prazo, abrigando-me nas suas asas imensas, e nos ensinou a brincar.
a mulher mais bela que conheço.