24.9.16

espreito o clarão amarelo que rompe a custo, por entre o nevoeiro.
talvez o café me traga a temperatura anunciada na aplicação, mas hoje, parece-me, já me chove por dentro.