30.10.16

da odisseia que se iniciou em julho do corrente ano e de como flor de espinheiro, a própria, tem sabido, com a sua total inexperiência, manter Violeta, a imperatriz tropical, em tamanha beleza.

[roam-se, bloggers famosas!]


Violeta, a trinta de outubro de dois mil e dezasseis

/é impressão minha ou as flores de Violeta, a orquídea, parecem monstros do espaço?... abelhas-mamutes?.../