30.3.17

«Satisfaz-me a derrota, porque é um fim e eu estou muito cansado.»

Jorge Luis Borges, in Deutsches Requiem, O Aleph