12.5.17

contou-me a raposa que, no mundo de onde vinha, a religião era vivida em silêncio, no recôndito profundo da alma, onde habitava o deus de cada um.