2.7.17

sei que estou morta, quando as minhas mãos querem calar os gritos das crianças que correm perto.