12.9.17

o narrador abana a cabeça, desiludido. nada daquilo fazia sentido. ninguém se dignava a contar a verdade, enrolando a história em infames contradições.
talvez J. Eustáquio de Andrada ainda consiga pôr mão em tamanha embrulhada....




[não aceito notas negativas, azedumes e maus olhados, muito menos criticas construtivas, à troca de bola, passe curto, bem sei, que aqui fica. quem não gostar que venha apanhar batatas comigo!]