19.8.20

«De resto, nunca sei nada, Minha alma é a sombra presente De uma presença passada.»


Flor